URNA é INSEGURA: Professores afirmam !!


Prof.Dr. DIEGO ARANHA, especialista em segurança da informação e professor na UNICAMP, e também o Prof.Dr. WALTER DEL PICCHIA, engenheiro eletrônico e professor da Politécnica da USP, afirmam categoricamente que a URNA ELETRÔNICA BRASILEIRA é totalmente insegura !!

Vejam vídeos e documentos abaixo com provas, críticas e propostas destacando a inadequação da Urna Eletrônica Brasileira:urna

  • É possível identificar, com vários testes, que existe condições de identificar claramente qual foi voto de qualquer pessoa, quebrando o segredo do voto;
  • Milhares de urnas possuem os mesmos códigos secretos de acesso, permitindo que alguém que tenha o acesso de uma possa ter acesso a várias outras. Como se um bandido pegasse a senha do nosso cartão de crédito, ou de débito, e pudesse fazer centenas de compras sem o nosso controle;
  • Apresentação da CARTILHA BÁSICA do VOTO-E no Brasil onde é apresentado argumentos jurídicos, técnicos, da insegurança da Urna Eletrônica Brasileira, assim como procedimentos ineficientes, a negação do TSE dos inúmeros problemas ocorridos, a inexistência de confiabilidade, a constatação das urnas biométricas serem também inseguras, a rejeição por 70 países da urna brasileira, os super-poderes concedidos ao TSE, e as propostas para dar confiabilidade ao sistema eleitoral eletrônico brasileiro.
  • Nossa urna AINDA é de Primeira Geração e considerada extremamente ultrapassada. Nos EUA, Israel, Equador e Argentina já adotaram ou estão testando urnas eletrônicas de Terceira Geração com um grau de segurança absurdamente mais seguro do que a urna brasileira. O ELEITOR ARGENTINO PODE CONFERIR se o registro digital do seu voto contém de fato o seu voto. O ELEITOR BRASILEIRO NÃO PODE. Veja comparativo entre a urna Argentina e Brasileira.
  • Resultado da Análise dos Boletins de Urna do 2º turno acompanhado pelo Prof.Dr. DIEGO ARANHA, por meio do aplicativo VOCÊ FISCAL.

Há 17 anos, dependemos da votação eletrônica.
Há 2 anos, ela foi comprovada insegura.

Observações do BIT: O BRASIL é o ÚNICO país do mundo a utilizar o sistema de urnas eletrônicas de Primeira Geração, que foi REPROVADO por especialistas consagrados nesta área, em diversos países, porque FALHA nos dois principais requisitos considerados fundamentais na segurança da informação:

  • Falta de Transparência e
  • Falta de Confiabilidade

Então, por que no Brasil as propagandas fazem o eleitor crer que o nosso sistema é o MELHOR e mais SEGURO do mundo ?!?

A Suprema Corte da Alemanha entende que TODO cidadão tem o direito de ser um Fiscal ou Auditor nas eleições e a partir do momento que uma auditoria SOMENTE pode ser feita por meio de profundos conhecimentos de especialistas, isso passa a ser INCONSTITUCIONAL e portanto rejeitaram o sistema de urna eletrônica.

ATUALMENTE NÃO estão usando a votação eletrônica (deixaram de usar): Alemanha, Holanda, Irlanda, Inglaterra, Paraguai. Especialistas consultados pelo UOL nesta última eleição afirmam que o sistema eletrônico de votação utilizado no país não é totalmente confiável e não permite auditoria. (Infelizmente o site “http://www.fraudeurnaseletronicas.com.br/” foi encerrado e alguns links para este site tiveram que ser refeitos.)

Observe o que diz o site UOL Eleições 2014 com o título “Urna eletrônica pode ser fraudada? Especialistas explicam“.

No entanto, a declaração do TSE é constatar a fragilidade(?!?) apontada pelo professor Diego Aranha e enfatizar que desde 1996 não houve registro de fraudes !!! Você conhece alguma fraude com a URNA ELETRÔNICA BRASILEIRA ?!? Acho que ninguém conhece nenhum caso, né ?!?


sobre Prof.Dr.CARLOS VALENTE

Doutor (UniBan) em Educação Matemática, Doutorando (ITA) e Mestre (IPT) em Engenharia de Software. Pós-Graduado em Análise de Sistemas (Mackenzie), Administração (Luzwell-SP), e Reengenharia (FGV-SP). Graduado/Licenciado em Matemática. Professor e Pesquisador da Universidade Anhembi Morumbi e ESAB - Escola Superior Aberta do Brasil. Autor de livros em Conectividade Empresarial. Prêmio em E-Learning no Ensino Superior (ABED/Blackboard). Consultor de T.I. em grandes empresas como Sebrae, Senac, Granero, Transvalor, etc. Viagens internacionais: EUA, França, Inglaterra, Itália, Portugal, Espanha, etc. CURRICULO LATTES = http://lattes.cnpq.br/5121684547787661

Deixe uma resposta