Sono Polifásico !! Vc pratica ?!? …


Começo a praticar o SONO POLIFÁSICO na data de hoje !! Como percebo que estou protelando muita coisa, planejando mal meu tempo e engordando, vou iniciar essa modalidade de sono …

Como não estou satisfeito também com a minha qualidade de sono, e sou adepto já algum tempo dos pequenos cochilos à tarde e também da Meditação Transcendental, vou testar essa nova forma de dormir.

Basicamente, inspirado na estratégia de sono de Leonardo da Vinci que dormia meros 15 minutos a cada 4 horas, vários estudiosos do sono criaram o conceito do sono polifásico. É considerado o sono monofásico aquele que é o clássico na raça humana após a era industrial, dormir um bloco de menos de 8 horas de sono, o que podemos classificá-lo como não natural. Mais de 80% dos mamíferos não praticam esse tipo de sono. É fácil de observar isso em pequenos animais como nos gatos e cachorros.

Do ponto de vista puramente capitalista, é interessante que as pessoas tenham somente um único bloco de sono e o resto do tempo disponíveis para o trabalho. Mas, será que esse modelo seria o melhor para o ser humano ?!?

Por outro lado, algumas pessoas, e até mesmo algumas nações, é comum praticarem o sono bifásico. Ou seja, um bloco de sono noturno acompanhado de uma “siesta” no meio da tarde, preferencialmente depois do almoço. e quem pratica isso percebe o quanto esse hábito é renovador para o corpo e mente.

SONO POLIFÁSICO

O puro trifásico, também chamado de CHASE, seria três blocos de sono com a duração de cerca de 2 horas cada. Em seguida, temos o constituído por 4 fases intitulado EVERYMAN que consiste em um bloco de sono de maior duração, por volta de 3 horas, e mais 3 cochilos de 20 a 30 minutos ao longo do dia. Mas, também existe uma variação mais radical deste, denominado DYMAXION – criado por Buckminster Fuller, somente com 4 blocos de sesta, perfazendo um total de menos de 4 horas de sono diário.

E finalmente, o mais radical, e o menos aconselhável de todos, o UBERMAN. Esse tipo de sono polifásico é constituído de 6 pequenos blocos de sono ao longo da nossa jornada diária, fazendo com os seus adeptos durmam somente 2 a 3 horas por dia.

Como cada ciclo de sono demora, em média, cerca de 90 minutos temos que o ser humano necessita de pelo menos 4 desses ciclos por dia. No modelo monofásico chegamos a ter até 5 ciclos por noite. Os cochilos recomenda-se também que não ultrapassem meia hora, pois após esse período fica mais díficil de acordar e a grande possibilidade da pessoa ficar indisposta.

Cada ciclo do sono temos praticamente uma onda bico de serra, começando lentamente até atingir o sono mais profundo, a desejada fase do REM – Rapid Eye Movement  (movimento rápido dos olhos), onde sonhamos e temos a fase mais recuperadora do sono.

Estágios do Sono

Os usuários do sono polifásico defendem que ao ter várias sonecas rápidas, conseguem rapidamente chegar a fase REM, e obtendo com maior eficiência uma melhor qualidade do sono e restauração do corpo e mente. Além, é claro, de maior produtividade e ganho de tempo adicional.

Existem muitas críticas ao sono polifásico, defendido somente em casos extremos, como no exército em campo de batalha, ou em longas viagens marítimas ou espaciais. Ou seja, onde existe a necessidade de estar maior quantidade de tempo em vigília, desperto. E portanto, recomendado pelos especialistas, somente a prática em pequenos períodos de tempo e em condições adversas.

No entanto, eu mesmo vou experimentar esse tipo de sono, e ver qual desses modelos que melhor se adéqua ao meu estilo de vida. A maior parte da população reclama da qualidade do sono monofásico. Portanto, acredito que terei até vantagens quanto as condições físicas, pois devido ao meus problemas de coluna, não estarei tanto tempo de forma contínua paralisado numa cama. Defendo que quanto mais nos movermos ao longo do dia, mais benefícios teremos em termos de saúde. E como o homem moderno fica preso demais às cadeiras, com as pequenas sonecas também quebrarei o ciclo de ficar tanto tempo num diabólico objeto de quatro pés. É meu pensamento que Deus fez o homem, e o diabo a cadeira. Deus não fez o homem para ficar numa cadeira por tanto tempo …

Vou praticar isso !! E apreciaria receber comentários sobre tudo isso para vermos como as pessoas reagem a cada um desses modelos … obrigado !!


Sobre Prof.Dr.CARLOS VALENTE

Doutor (UniBan) em Educação Matemática, Doutorando (ITA) e Mestre (IPT) em Engenharia de Software. Pós-Graduado em Análise de Sistemas (Mackenzie), Administração (Luzwell-SP), e Reengenharia (FGV-SP). Graduado/Licenciado em Matemática. Professor e Pesquisador da Universidade Anhembi Morumbi e ESAB - Escola Superior Aberta do Brasil. Autor de livros em Conectividade Empresarial. Prêmio em E-Learning no Ensino Superior (ABED/Blackboard). Consultor de T.I. em grandes empresas como Sebrae, Senac, Granero, Transvalor, etc. Viagens internacionais: EUA, França, Inglaterra, Itália, Portugal, Espanha, etc. CURRICULO LATTES = http://lattes.cnpq.br/5121684547787661

Deixe uma resposta