Despertando… somos atemporais ?!? 1


Toda a minha família tem problemas no levantar da cama. Portanto, tive ao longo do tempo que aprender vários macetes para poder facilitar esse tortuoso ato do despertar. Muito tem me ajudado um aplicativo do nosso velho Android com um nome bem intitulado: AlarmDroid. Ele me acorda falando comigo …

Enquanto vou ouvindo como está o clima, e outras mensagens, aproveito para fazer algo que é muito bom para a minha coluna, e apoio ao despertar, que é o alongamento. Nada como acordar com o corpo mais bem disposto. E enquanto vou alongando, a minha consciência corporal aumenta assim como a minha respiração. Com isso, vou paulatinamente acelerando minha pulsação e melhor disposição vou tendo. Esse é um bom macete para melhor acordar. Vale a pena acordar 10 minutos mais cedo para fazer esse alongamento na horizontal …

Todo esse processo possibilita que eu vá meditando sobre a vida. E foi interessante as conclusões que tive hoje. Somos seres atemporais !!

Embora tenhamos um “clock” interno que nos pulsa ao ritmo do relógio terreno, 60 ciclos por minuto, temos o cérebro que nos permite “fugir” do nosso corpo. Os dois triângulos da estrela de David representa o cruzamento das coisas divinas com os destinos terráqueos. Assim é o nosso corpo. Um coração terráqueo numa cabeça que a Deus pertence …

Talvez por isso que exista essa dificuldade natural de despertarmos. Enquanto dormimos fugimos do tempo, somos atemporais, e como viajantes desse elemento, ao escaparmos do ritmo alucinante da terra, conseguimos chegar mais perto do nosso Pai. No Alcorão existe uma menção de que no sono chegamos mais perto do divino.

No entanto, ao abrirmos os olhos, precisamos “loucamente” de pegar um trem desgovernado que já está se movimentando a um ritmo alucinante. Precisamos de algum tempo para “despertarmos”, e alcançarmos a velocidade da nave terrestre …


Sobre Prof.Dr.CARLOS VALENTE

Doutor (UniBan) em Educação Matemática, Doutorando (ITA) e Mestre (IPT) em Engenharia de Software. Pós-Graduado em Análise de Sistemas (Mackenzie), Administração (Luzwell-SP), e Reengenharia (FGV-SP). Graduado/Licenciado em Matemática. Professor e Pesquisador da Universidade Anhembi Morumbi e ESAB - Escola Superior Aberta do Brasil. Autor de livros em Conectividade Empresarial. Prêmio em E-Learning no Ensino Superior (ABED/Blackboard). Consultor de T.I. em grandes empresas como Sebrae, Senac, Granero, Transvalor, etc. Viagens internacionais: EUA, França, Inglaterra, Itália, Portugal, Espanha, etc. CURRICULO LATTES = http://lattes.cnpq.br/5121684547787661


Deixe uma resposta

Um pensamento em “Despertando… somos atemporais ?!?

  • Lucas

    Incrível como sempre defini um enigma o fato de dormir, sua interpretação para este precioso momento é realmente instigante.