A História do NETBOOK (parte 1) 1


NETBOOK

Sim, escrevi corretamente, é NETBOOK e não NOTEBOOK !! Muitos ainda não se deram conta do pequeno detalhe na grafia deste novo equipamento computacional …

Ficamos contentes de estarmos desde o início dessa história acompanhando a evolução deste revolucionário recurso cibernético. Tudo começou com o desafio de Nicholas Negroponte, do respeitável MIT (Massachusetts Institute of Technology), de criar um pequeno computador ao custo de não mais que cem dólares.

A sua aplicação inicial seria educacional, permitindo que qualquer estudante pudesse ter um recurso computacional para ajudar em seus estudos. Logo, vários governos e pesquisadores apoiaram esse desafio, e ajudaram a desenvolver o primeiro protótipo deste ambicioso projeto.

O projeto chamado originalmente de XO, rapidamente espalhou pelo mundo esse conceito. Com um design inédito, e com recursos imagináveis, foi conquistando a todos. Por exemplo, possuía uma alavanca embutida de tal forma que em lugares sem energia elétrica, ao girá-la fosse possível de funcionar. E de sua fita de tiracolo que se transformava num prático cabo de alimentação.

No futuro, o protótipo desse equipamento, mais se assemelha a um livro dinâmico. Com tela touch-screen que permitirá visão das duas telas ao abri-lo, e transformar uma das suas telas num virtual teclado. Mas, vejamos isso melhor em um novo POST …

Artigos falando sobre o NETBOOK em 3 Partes:
A História do NETBOOK (parte 1)
Netbook x Cloud Computing (parte 2)
NETBOOK na VEJA !! (parte 3)


Sobre Prof.Dr.CARLOS VALENTE

Doutor (UniBan) em Educação Matemática, Doutorando (ITA) e Mestre (IPT) em Engenharia de Software. Pós-Graduado em Análise de Sistemas (Mackenzie), Administração (Luzwell-SP), e Reengenharia (FGV-SP). Graduado/Licenciado em Matemática. Professor e Pesquisador da Universidade Anhembi Morumbi e ESAB - Escola Superior Aberta do Brasil. Autor de livros em Conectividade Empresarial. Prêmio em E-Learning no Ensino Superior (ABED/Blackboard). Consultor de T.I. em grandes empresas como Sebrae, Senac, Granero, Transvalor, etc. Viagens internacionais: EUA, França, Inglaterra, Itália, Portugal, Espanha, etc. CURRICULO LATTES = http://lattes.cnpq.br/5121684547787661


Deixe uma resposta

Um pensamento em “A História do NETBOOK (parte 1)

  • Marcos Oliveira

    Caramba, a educação precisava urgentemente deste recurso. Em vez dos políticos gastarem em viagens, deveriam disponibilizar esses equipamentos para nossas crianças !!